Reflexão de dia dos pais

Todo dia dos pais, penso em presentear meu pai com algum livro interessante de crônicas do Ruy Castro. Não sei por que o Ruy Castro tem tanta cara de livros interessantes, e de dia dos pais. No fim das contas, acabo por nunca presentear. Afinal, ao que parece, metade dos filhos do mundo tem a mesma ideia nos dias dos pais – o que torna desinteressantes os livros interessantes de crônicas do Ruy Castro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>